Pular para o conteúdo principal

População de Várzea Nova promete bloquear a 'Estrada do Feijão' em protesto pela BA-144


Uma manifestação está prevista para acontecer na segunda-feira da próxima semana, dia 13, na rodovia BA-052, conhecida como Estrada do Feijão. O protesto acontece para reivindicar melhorias na BA-144, que interliga municípios como Jacobina, Várzea Nova e Morro do Chapéu, onde a situação da rodovia é precária e já não existe asfalto.

Uma comissão foi formada durante uma Audiência Pública realizada na Câmara de Vereadores de Várzea Nova, no dia 1º de fevereiro, onde foi discutido, junto com a população local, maneiras de chamar a atenção do Governador do Estado para a precariedade da rodovia. As condições ruins de trafegabilidade no trecho tem causado grandes transtornos aos moradores e motoristas, inclusive no que diz respeito à segurança pública, pois diversos assaltos já foram registrados na rodovia.

Agora, a Comissão convoca a população que reside na região da rodovia BA-144, entre Várzea Nova e Morro do Chapéu,  para uma grande manifestação. Os manifestantes irão se reunir em frente à Câmara de Vereadores de Várzea Nova, a partir das 15h do dia 13, e seguirão em protesto para a BA-052 (Estrada do Feição), onde acontecerá um bloqueio total da rodovia por tempo indeterminado.

Prejuízos em Várzea Nova



Na Audiência Pública realizada em Várzea Nova, o ex-secretário de administração do município, Jailton Silvestre, falou sobre os prejuízos causados por conta da precariedade da estrada. “Estamos ilhados aqui, pois perdemos várias linhas de ônibus. Caminhoneiros e distribuidoras estão buscando outras rodovias e os empresários estão querendo abandonar a cidade. Estamos passando por transtornos sociais e econômicos”, disse.

Diversos protestos e bloqueios já foram realizados na BA-144, por moradores do município de Várzea Nova. No entanto, até o início da tarde desta segunda-feira (6), nenhuma obra de recuperação da rodovia foi iniciada.

Fonte: Jacobina Notícias

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Prefeito de Mundo Novo-BA, Dr. Adriano participa dá entrega das viaturas com Rui Costa, em Ruy Barbosa

Fonte: Coisas do Jacuipe

Em pleno Carnaval as máquinas não param na limpeza do Açude de Baixa Grande

Iniciada no dia 13 de fevereiro de 2017 a obra de revitalização do açude na localidade de Pecuária em Baixa Grande chama atenção da comunidade pelo acúmulo de lama, rapidez e dedicação nos trabalhos, os trabalhadores segue de domingo a domingo e nem mesmo no feriado de Carnaval a equipe de Trabalho param, o Portal Bacia do Jacuípe foi até a aguada nesta terça-feira, encontrou 11 caçambas e 8 máquinas trabalhando, as máquinas se concentram na parte mais funda do açude onde a lama acumulada chega a 4 metros.

O aposentado João Queiroz conta que morava no distrito de Italegre, e sempre passava ao lado da aguada, ele conta que nestes 50 anos é a primeira vez que aguada é limpa, “já é alguma coisa para o novo prefeito, entrou agora e já tem muitas coisas feitas em sua administração”. Conta João

REPORTAGEM EM VÍDEO



O diretor de estradas e rodagens, Jurandir Oliveira, conta que está acontecendo uma das melhores ações do governo, ele conta que este açude tem aproximadamente 87 anos de cava…

Homem é assassinado a tiros em Tapiramutá

Givaldo Pereira dos Santos, 29 anos, conhecido como Nego Zinho, foi assassinado com disparos de arma de fogo na noite desta segunda-feira, 17 de abril de abril 2017, na cidade de Tapiramutá.

Segundo informações, três elementos encapuzados chegaram abordo de um carro preto em um bar e efetuaram vários disparos contra Givaldo, que morreu no local.

Ainda de acordo com informações, um jovem de 21 anos identificado como Marcos Cardoso que estava no local também foi atingido com um tiro de raspão na região da orelha, sendo atendido no hospital local e em seguida liberado.

Não há informações sobre a motivação do assassinato. A Polícia Militar esteve no local guardando a cena do crime e o corpo foi recolhido pelo Departamento de Polícia Técnica para o IML de Jacobina.



Fonte: Augusto Urgente