Pular para o conteúdo principal

Justiça Federal da Paraíba volta a suspender aumento dos combustíveis 


A Justiça Federal na Paraíba suspendeu, nesta terça-feira (1º) os efeitos do decreto presidencial que elevou as alíquotas do PIS/Pasep e da Cofins sobre os combustíveis. A medida foi tomada liminarmente atendendo a um mandado de segurança coletivo impetrado pelo Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo no Estado da Paraíba (Sindipetro-PB), o que restabelece os porcentuais anteriores das referidas alíquotas. A Advocacia-Geral da União vai recorrer. As informações são do Sindipetro-PB). Essa é a segunda decisão judicial que barra o aumento dos combustíveis. A 20.ª Vara Federal, em Brasília, determinou no dia 26 de julho a suspensão do decreto do governo Michel Temer que aumentou o imposto que incide sobre os combustíveis. No dia seguinte, a decisão do presidente da Corte federal, desembargador Hilton José Gomes de Queiroz, revogou a liminar a pedido da Advocacia-Geral da União. De acordo com a decisão do juiz João Pereira de Andrade Filho, da primeira Vara Federal na Paraíba, o Decreto 9.101/2017, que elevou a alíquota do PIS/Cofins que incide sobre a gasolina, o diesel e o etanol, ofendeu o planejamento tributário não só dos consumidores, mas os empresários do comércio varejista, porque não respeitou o princípio da anterioridade nonagesimal. Segundo o princípio, nenhum tributo será cobrado antes de 90 dias da publicação da lei que o instituiu ou aumento. O juiz afirma que o objetivo da decisão não é negar a necessidade de o Estado arrecadar recursos para sustentar suas atividades, mas argumenta que o "poder de tributar o Estado não é absoluto", pois a própria Constituição Federal impôs limites por meio dos princípios constitucionais tributários. O juiz destaca que a suspensão do decreto leva ao "imediato retorno dos preços dos combustíveis, praticados antes da edição da norma".

Com informações do Estadão Conteúdo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em pleno Carnaval as máquinas não param na limpeza do Açude de Baixa Grande

Iniciada no dia 13 de fevereiro de 2017 a obra de revitalização do açude na localidade de Pecuária em Baixa Grande chama atenção da comunidade pelo acúmulo de lama, rapidez e dedicação nos trabalhos, os trabalhadores segue de domingo a domingo e nem mesmo no feriado de Carnaval a equipe de Trabalho param, o Portal Bacia do Jacuípe foi até a aguada nesta terça-feira, encontrou 11 caçambas e 8 máquinas trabalhando, as máquinas se concentram na parte mais funda do açude onde a lama acumulada chega a 4 metros.

O aposentado João Queiroz conta que morava no distrito de Italegre, e sempre passava ao lado da aguada, ele conta que nestes 50 anos é a primeira vez que aguada é limpa, “já é alguma coisa para o novo prefeito, entrou agora e já tem muitas coisas feitas em sua administração”. Conta João

REPORTAGEM EM VÍDEO



O diretor de estradas e rodagens, Jurandir Oliveira, conta que está acontecendo uma das melhores ações do governo, ele conta que este açude tem aproximadamente 87 anos de cava…

Homem é assassinado a tiros em Tapiramutá

Givaldo Pereira dos Santos, 29 anos, conhecido como Nego Zinho, foi assassinado com disparos de arma de fogo na noite desta segunda-feira, 17 de abril de abril 2017, na cidade de Tapiramutá.

Segundo informações, três elementos encapuzados chegaram abordo de um carro preto em um bar e efetuaram vários disparos contra Givaldo, que morreu no local.

Ainda de acordo com informações, um jovem de 21 anos identificado como Marcos Cardoso que estava no local também foi atingido com um tiro de raspão na região da orelha, sendo atendido no hospital local e em seguida liberado.

Não há informações sobre a motivação do assassinato. A Polícia Militar esteve no local guardando a cena do crime e o corpo foi recolhido pelo Departamento de Polícia Técnica para o IML de Jacobina.



Fonte: Augusto Urgente

Andaraí-BA: Primeiro caso do Jogo Baleia Azul é registrado na Chapada Diamantina

Por volta das 14:00 horas desta sexta-feira (21/04) a guarnição da polícia militar da cidade de Andaraí na Chapada Diamantina de serviço recebeu uma denuncia anônima onde supostamente um adolescente de 14 anos estaria participando de um jogo denominado “Baleia Azul” jogo este que está amplamente divulgado pela mídia, onde a última fase é o suicídio.

A guarnição deslocou até o endereço citado, onde constatou a veracidade do fato, se tratava de um menor de 14 anos, residente no bairro alto do Ibirapitanga. Ao conversar com o menor, o mesmo relatou já está na 4° fase do jogo, onde já apresentava algumas mutilações no corpo (uma baleia no braço esquerdo, e uma coroa no braço direito) desenhados​ a lâmina.


O mesmo relatou que participava de um grupo no “whatsapp​” com no mínimo 30 participantes locais, onde todos já estão efetivamente no jogo e um deles encontra-se na fase 38 onde a fase 50 é o suicídio. A guarnição orientou o menor sair do jogo e orientou a família procurar a delegacia.…