Pular para o conteúdo principal

Ex-vocalista da Banda Cavaleiros do Forró e o marido morrem em acidente


A cantora Eliza Clívia faleceu no início da tarde desta sexta-feira (16). durante acidente de carro na cidade de Aracaju, em Sergipe. Ex-integrante das bandas Cavaleiros do Forró e Cavalo de Aço, a cantora realizava divulgação de sua carreira solo quando o veículo que se encontrava colidiu, por volta das 14h, na região central.

Mais cedo, Eliza havia publicado uma foto em suas redes sociais em que aparecia em um estúdio de televisão, ao lado do sanfoneiro Nivaldo Cândido, realizando a divulgação de sua carreira solo. “Cheguei Aracaju! Já estou aqui na tvAperipê, com o querido Nivaldo Cândido daqui à pouquinho no ar, no programa Segurança em Alerta”, dizia o texto. O marido e baterista Sérgio Ramos também faleceu no acidente.

A cantora, que iniciou a carreira solo há quatro meses, após divulgar a saída do grupo Cavalo de Aço, se encontrava na capital sergipana para a realização de um show, nesta sexta-feira (16). O veículo que o casa se encontrava colidiu com um ônibus em um cruzamento na região central da cidade. Além deles, outros três integrantes da equipe estavam no veículo e foram socorridos com ferimentos leves. Segundo informações da Polícia Militar de Sergipe, eles foram identificados como Cleberton José dos Santos, João Paulo Tavares da Silva e Paulo Texeira de Carvalho.

Fãs da cantora e da banda publicaram diversas mensagens na imagem divulgada pela cantora no Instagram. “Sem acreditar, meus sentimentos aos familiares. Que Deus conforte os corações de todos nesse momento”, publicou um seguidor. “Meu Deus! Sem acreditar nessa tragédia, que Deus conforte o coração dos familiares e amigos!”, comentou outro.

Outro acidente envolvendo ônibus já havia vitimado integrantes da banda Cavaleiros do Forró em 2014, quando o grupo retornava de uma apresentação no agreste pernambucano e se dirigia a natal. O veículo que levava a banda colidiu com um ônibus deixando quatro vítimas fatais, entre eles o vocalista José Inácio, e 20 pessoas feridas.
Carreira de Eliza Clívia

Nascida na cidade paraibana de Livramento, Eliza iniciou sua carreita de cantora por influência do pai sanfoneiro. Em 2003, entrou para a banda Caveleiros do Forró, com a qual chegou a gravar nove discos e seis DVDS. Dez anos depois, anunciou o desligamento do grupo ao lado do músico Jaílson Santos, então marido. Com Jaílson, retornou aos palcos ainda no mesmo integrando a banda Cavalo de Aço, ao lado de Marcelo Jubão e Neto Araújo, gravando outros três CDs e quatro registros audiovisuais entre 2013 e 2015. Sua saída foi anunciada no início deste ano para se dedicar à carreira solo.



Fonte: Diário do Pernambuco

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Prefeito de Mundo Novo-BA, Dr. Adriano participa dá entrega das viaturas com Rui Costa, em Ruy Barbosa

Fonte: Coisas do Jacuipe

Em pleno Carnaval as máquinas não param na limpeza do Açude de Baixa Grande

Iniciada no dia 13 de fevereiro de 2017 a obra de revitalização do açude na localidade de Pecuária em Baixa Grande chama atenção da comunidade pelo acúmulo de lama, rapidez e dedicação nos trabalhos, os trabalhadores segue de domingo a domingo e nem mesmo no feriado de Carnaval a equipe de Trabalho param, o Portal Bacia do Jacuípe foi até a aguada nesta terça-feira, encontrou 11 caçambas e 8 máquinas trabalhando, as máquinas se concentram na parte mais funda do açude onde a lama acumulada chega a 4 metros.

O aposentado João Queiroz conta que morava no distrito de Italegre, e sempre passava ao lado da aguada, ele conta que nestes 50 anos é a primeira vez que aguada é limpa, “já é alguma coisa para o novo prefeito, entrou agora e já tem muitas coisas feitas em sua administração”. Conta João

REPORTAGEM EM VÍDEO



O diretor de estradas e rodagens, Jurandir Oliveira, conta que está acontecendo uma das melhores ações do governo, ele conta que este açude tem aproximadamente 87 anos de cava…

Homem é assassinado a tiros em Tapiramutá

Givaldo Pereira dos Santos, 29 anos, conhecido como Nego Zinho, foi assassinado com disparos de arma de fogo na noite desta segunda-feira, 17 de abril de abril 2017, na cidade de Tapiramutá.

Segundo informações, três elementos encapuzados chegaram abordo de um carro preto em um bar e efetuaram vários disparos contra Givaldo, que morreu no local.

Ainda de acordo com informações, um jovem de 21 anos identificado como Marcos Cardoso que estava no local também foi atingido com um tiro de raspão na região da orelha, sendo atendido no hospital local e em seguida liberado.

Não há informações sobre a motivação do assassinato. A Polícia Militar esteve no local guardando a cena do crime e o corpo foi recolhido pelo Departamento de Polícia Técnica para o IML de Jacobina.



Fonte: Augusto Urgente